AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE MONITORAMENTO PARA A GESTÃO DA QUALIDADE DA ÁGUA EM UM RIO TRANSFRONTEIRIÇO NA AMÉRICA DO NORTE

Autores

  • María del Pilar Saldaña Fabela Instituto Mexicano de Tecnología del Agua
  • María Antonieta Gómez Balandra Instituto Mexicano de Tecnología del Agua
  • Edith Salcedo Sánchez Programa de Posgrado del Instituto Mexicano de Tecnología del Agua

Palavras-chave:

Qualidade da água, Programa de Monitoramento, Rio Transfronteiriço

Resumo

O monitoramento da qualidade da água é uma das etapas mais importantes para os programas de gestão da qualidade da água, pois as decisões tomadas são baseadas nas informações disponíveis, além de identificar áreas onde, devido à contribuição de contaminantes, eles deterioram a qualidade. da água dos corpos receptores. O Rio Grande é um dos maiores e mais importantes da América do Norte por ser um corpo de água transfronteiriço. A CONAGUA estabeleceu uma Rede Nacional de Monitoramento, que foi analisada para a área do Baixo Rio Grande, desde a jusante da Barragem Internacional de Falcón até a cidade de Matamoros, Tamaulipas. Possui cinco estações de monitoramento de 2000 a 2010 e o objetivo foi analisar o banco de dados de nove parâmetros físico-químicos e microbiológicos aplicando o Índice Canadense de Qualidade da Água para uso como fonte de abastecimento. Os resultados indicaram duas zonas, uma com qualidade de água boa a excelente e outra com qualidade regular a poluída, que corresponde à zona onde as atividades antrópicas e agrícolas impactam o rio, contribuindo com concentrações que ultrapassam o objetivo ambiental de uso público. fonte de abastecimento de água. Com essas informações e levando em consideração que o município de Reynosa possui duas estações de tratamento e uma delas está em fase de ampliação e melhoria, o monitoramento da vigilância é fundamental para detectar melhorias na qualidade da água do Baixo Rio Grande.

Publicado

2022-09-10